Participantes do Projeto Conexão Mata Atlântica apresentam resultados em encontro na sede da Finatec

Estiveram presentes representantes do MCTI, do BID e de outras instituições parceiras do Programa

Maior compromisso do produtor rural em defesa da mata atlântica e outros pontos como aumento da área preservada do bioma, replantio de milhares de espécies nativas, capacitação do produtor e melhor manejo com a terra, foram os principais resultados apresentados pelo Projeto Conexão Mata Atlântica, no encerramento do programa realizado segunda e terça-feira, 27 e 28 de maio, no auditório da Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológico (Finatec), no Campus Darcy Ribeiro, da Universidade de Brasília (UnB).

Além de dirigentes da Finatec, prestigiaram o evento representantes de instituições parceiras do projeto, pesquisadores, lideranças ambientais e produtores rurais. O Projeto que teve duração de sete anos recebeu recursos do governo federal por meio do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), principal financiador, e ainda contou com apoio dos governos de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A Finatec foi responsável pela gestão operacional e financeira do Projeto. O custo total foi de US$ 206 milhões.

O Projeto Conexão Mata Atlântica teve como foco principal a preservação do ecossistema e da biodiversidade do bioma brasileiro. O trabalho foi realizado em propriedades rurais de alguns municípios do estado de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. A Fundação dispôs de novas tecnologias, pesquisas e consultorias para o produtor rural, contribuindo desta forma, para o desempenho da atividade remunerada dentro da propriedade sem que o produtor prejudique a mata atlântica com desmatamento e outras degradações do bioma.

MCTI promove evento de encerramento do projeto Conexão Mata Atlântica

Iniciativa tem como objetivos a preservação do ecossistema e biodiversidade no Corredor Sudeste da Mata Atlântica brasileira e focou em nove áreas de SP, RJ e MG

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) promove na segunda (27) e terça-feira (28), em Brasília, o encerramento do projeto Conexão Mata Atlântica. Em dois dias o evento trará apresentações sobre os resultados do programa com representantes do MCTI, unidades de conservação e produtores rurais. O evento será realizado na FINATEC, no Campus Darcy Ribeiro da Universidade de Brasília (UnB).

O projeto Conexão Mata Atlântica tem como objetivos a preservação do ecossistema e biodiversidade no Corredor Sudeste da Mata Atlântica brasileira. As ações focaram em nove áreas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O projeto incentivou práticas de recuperação e conservação do ecossistema por meio do Pagamento por Serviços Ambientais (PSA); adoção de Cadeias de Valor Sustentáveis; certificação de boas práticas; conservação do solo e água e saltos tecnológicos na produção rural.

Representam o ministério o secretário substituto de Políticas e Programas Estratégicos, Osvaldo Moraes e a coordenadora-geral de Ecossistema e Biodiversidade, Cláudia Czaneski. O evento terá transmissão pelo YouTube por meio do canal https://www.youtube.com/@conexaomataatlantica

O projeto Conexão Mata Atlântica tem coordenação do MCTI, financiamento do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF – Global Environment Facility) e do Banco Interamericano de desenvolvimento (BID) com execução da Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec). Também participam os governos de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O custo total do projeto foi de US$ 206 milhões.

Confira a programação do encerramento do Conexão Mata Atlântica abaixo.

Saiba mais sobre o programa em https://conexaomataatlantica.mctic.gov.br/cma/portal/

Fonte: MCTI

Inscrições abertas para o 3º Prêmio FAPDF para pesquisadores, estudantes, comunicadores e servidores do DF e RIDE

Nesta edição, o investimento total é de 157 mil reais em prêmios para pesquisadores, servidores, estudantes do Ensino Médio e profissionais de comunicação que se destacaram na promoção da ciência e da tecnologia no Distrito Federal e RIDE

A Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAPDF) está com inscrições abertas para o 3º Prêmio FAPDF de Ciência, Tecnologia e Inovação (CTI), que este ano vai investir um total de 157 mil reais em premiações. Durante a cerimônia, prevista para o mês de novembro deste ano, a FAPDF lançará também o volume três do Periódico Diálogo Científico, que reúne cinquenta projetos fomentados pela Fundação no último ano.

O Prêmio FAPDF de CTI é um incentivo e um reconhecimento a pesquisadores, servidores públicos e estudantes do Ensino Médio do Distrito Federal e RIDE, que se destacaram na criação de projetos e trabalhos de pesquisa com potencial significativo para o desenvolvimento científico, tecnológico e inovador do DF e entorno. Uma iniciativa que também estimula e premia profissionais de comunicação que divulgaram projetos e ações sobre a pesquisa científica e tecnológica nos meios de comunicação da região.
“As iniciativas da FAPDF estão alinhadas às diretrizes do Governo do Distrito Federal (GDF), em transformar Brasília numa Cidade Inteligente. Colaboramos ativamente para isso, investindo em projetos de pesquisa que qualificam o desenvolvimento socioeconômico da sociedade brasiliense. O Prêmio FAPDF é um exemplo destacado de trabalhos que beneficiam diretamente a população do DF e também do entorno”, destaca o diretor-presidente da FAPDF, Marco Antônio Costa Júnior.

O Prêmio FAPDF de CTI tem oito categorias. A saber:

o PESQUISADOR DESTAQUE
o PESQUISADOR INOVADOR
o ESTUDANTE DESTAQUE
o STARTUP INOVADORA
o PROFISSIONAL DE COMUNICAÇÃO
o INICIATIVA GOVTECH
o SERVIDOR DESTAQUE
o BOLSISTA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA COM BOLSA DA FAPDF

As inscrições vão até o dia 31/07/2024. Para ter acesso ao edital na íntegra, clique AQUI!

SERVIÇO:
Contato com a Assessoria de Comunicação da FAPDF
E-mail: imprensa.fapdf@fap.df.gov.br/
Contato: Daniela Uejo (61) 98525-6103
Dúvidas sobre as inscrições: Para quaisquer informações complementares e dúvidas sobre o Prêmio, enviar e-mail para: editalpremio2024@fap.df.gov.br

Nota de Falecimento | Prof. Lúcio Salomon

É com grande pesar que informamos o falecimento do professor Lúcio Salomon, instituidor da Finatec, ocorrido ontem, terça (21).

Sua dedicação e visão foram fundamentais para a criação da nossa instituição. A Finatec existe graças ao esforço e união de Lucio e seus onze colegas, que sonharam e trabalharam por um futuro melhor para a ciência e a tecnologia.

Mestre em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Itajubá (1972), atuou nas áreas de Máquinas Hidráulicas e Engenharia Mecânica com ênfase em Fenômenos de Transporte, focando principalmente em temas como Escoamento Potencial e Escoamento Ideal.

Nosso eterno agradecimento por sua contribuição inestimável. Que seu legado continue a inspirar e guiar nossos passos.

Deixamos nossas condolências à família e aos amigos por esta inestimável perda. A Finatec presta os mais sinceros sentimentos de solidariedade neste momento de dor.

Finatec – Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos

Finatec participa do primeiro Scientific Fast Track organizado pelo Programa de Pós Graduação em Engenharia Biomédica – PPGEB e o Laboratório de Engenharia Biomédica – LAB

O evento apresentou para a sociedade os resultados reais de projetos desenvolvidos pela Fundação 

Finatec participa do primeiro Scientific Fast Track organizado pelo Programa de Pós Graduação em Engenharia Biomédica – PPGEB e o Laboratório de Engenharia Biomédica – LAB com o objetivo de estabelecer Diálogos Interativos: Uma abordagem ágil e focada na aceleração do desenvolvimento científico e tecnológico para solução de necessidades em saúde.

Leila Rodrigues, analista e Suellen Carvalho, gerente de Relacionamento e Novos Negócios da Finatec

O primeiro projeto é o “Ampliação das atividades de angiogênese e vasculogênese estimuladas por terapia de fotobioestimulação associada a fração proteica do biomaterial látex em plataformas de ensaio Organ-on-a-chip para melhorias de feridas crônicas de pele”, tem por objetivo investigar ampliação da angiogênese e vasculogênese estimuladas pela aplicação do sistema de fotobioestimulação, associado à membrana de látex – com foco na fração proteica FrHbI avaliados em plataformas de simulação Organ-on-a-chip.

O segundo é o “Condução térmica ativa derivado do biomaterial látex natural da Hevea brasiliensis associado a nanopartículas aplicado na prevenção da fístula átrio-esofágica para maximizar a segurança da ablação cardíaca por radiofrequência”, que busca o desenvolvimento de uma nova tecnologia intraesofágica derivada de biomaterial látex associado a nanopartículas com efeitos anti inflamatórios, instrumentada para controle térmico com troca de calor ativa, visando à preservação da parede esofágica e à redução da incidência da FAE, a ser avaliada em ensaios não-clínicos, e simulada por meio de modelo matemático, para orientar ensaios clínicos futuros.

E esses projetos são financiados por meio de emendas parlamentares, concedidas pela deputada Erika Kokay, a coordenadora dos projetos, professora Suélia Fleury afirma que a iniciativa do evento é importante para encaminhar os projetos. “Ambos os projetos têm resultados interessantes. Resultados científicos que a gente queria apresentar e mais que isso, fazer com que a comunidade pudesse discutir eles com a gente. Por isso que organizou-se o evento do Fast Track para ser um momento de discussão, e com essa característica em que o público, a plateia, pudesse, de maneira sucinta, se integrar daquilo que está sendo discutido e desenvolvido dentro dos dois projetos”

professora Suélia Fleury, coordenadora do projeto

“O objetivo maior é  avançar na questão da discussão técnica, entender qualquer objeto do trabalho, quais seriam os resultados que a gente já tinha tido, avaliar os impactos e, diante disso, a comunidade trazer possibilidades, questionamentos, compreensões. E fazendo, especialmente, conexões. Então, o grupo conseguiu montar essa estrutura e realizamos esse evento, que foi um sucesso.”, finaliza  a professora Suélia.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support