Lançamento do Programa de Governança e Compliance da Finatec

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Aconteceu no dia 19 de setembro, às 15h, o tão esperado lançamento do “Programa Governança para novos Desafios” na Finatec. Em um ambiente acolhedor, e cuidadosamente preparado para o momento, o espaço para quase 200 pessoas, estava repleto de autoridades, parceiros, colaboradores e representantes governamentais.

Leonardo Cavalcanti, jornalista e editor do Correio Brasiliense mediou o evento que teve, em seu primeiro momento, uma abertura oficial com a presença do Diretor Presidente da Finatec, professor doutor Edson da Silva, da professora doutora Denise Imbroisi, Decana de Planejamento, Orçamento e Avaliação da UnB, representando a Magnífica Reitora da UnB, a ilustríssima professora Márcia Abrahão; o Magnífico, reitor do IFB, ilustríssimo professor Wilson Conciani; o professor Doutor Luiz Eduardo membro da Diretoria do CONFIES – Conselho Nacional das Fundações de Apoio às Instituições de Ensino Superior e de Pesquisa Científica e Tecnológica e o excelentíssimo ex-Ministro-chefe da Controladoria Geral da União, Jorge Hage, responsável pela implantação do Programa de Integridade da Finatec.

Na oportunidade, o Diretor Presidente da instituição, professor Edson Silva, contextualizou as ações das Diretoria Executiva ao longo do mandato reforçando os avanços dessa administração no contexto da sustentabilidade financeira, jurídica, atendimento de qualidade e consolidação da imagem da instituição.
O ex ministro Jorge Hage, salientou que a Fintatec está no caminho certo, antecipando-se a legislação e posicionando-se como uma empresa responsável, transparente e ética.
Finalmente, a professora Denise Imbroisi salientou a importância das estratégias de Compliance para a Finatec ressaltando o alinhamento dessa ação com os programas da Universidade de Brasília.
Após o coffee break, o lançamento tomou o formato do talk show tradicional e o jornalista Leonardo Cavalcanti entrevistou a equipe que está a frente da implementação do Programa. Fizeram parte desse momento o Diretor Presidente da Finatec, Professor Edson da Silva e os consultores Aurélio Maduro, da Maduro Company, Dr Jorge Hage e Dr Luiz Navarro, atual presidente da Comissão de Ética Pública, da Hage Compliance, e Valério Pedroso Gonçalves, da consultoria jurídica especializada. Um espaço para perguntas dos colaboradores também foi oportunizado, desse modo, todos puderam sanar suas dúvidas e se inteirarem melhor sobre práticas do programa.
Agora, melhor preparada, a Fundação empreenderá uma importante ação no sentido de fortalecer sua imagem como uma Fundação íntegra, marcada pelo rigor no cumprimento da legislação vigente, das regras e de boas práticas.

Para essa nova fase da Fundação, a Diretoria Executiva, assim como o Conselho Superior, estão fortemente comprometidos. Espera-se que, com o aprimoramento dos processos implantados na FINATEC, com foco, dentre outros aspectos, na prevenção, detecção e remediação de não conformidade, bem como o treinamento do corpo técnico, a obtenção do selo Pró-Ética da Controladoria Geral da União seja uma consequência natural, que consolidará o compromisso da Finatec em atuar nos mais altos padrões de integridade, ética e transparência.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column width=”1/1″][minti_gallery ids=”20241,20248,20245,20220,20224,20225,20240,20218,20239,20237,20227,20226,20233,20215,20238,20213,20214,20216,20221,20219,20212,20230,20231,20222,20223,20229,20228,20217,20247,20232,20234,20235,20236,20243,20244,20246,20249,20250,20251,20252″ columns=”4″ style=”2″][/vc_column][/vc_row]

Pesquisa com foco na fadiga dos cabos de transmissão de energia beneficia consumidor final

[vc_row][vc_column][vc_column_text]A medida provisória 851 de 2018, que autoriza a administração pública a firmar instrumentos de parceria e termos de execução de projetos de interesse público com organizações gestoras de fundos patrimoniais, abriu a possibilidade de transferir os recursos do setor elétrico para as universidades, com o objetivo de utilizar a expertise dos professores pesquisadores no desenvolvimento de tecnologias para as empresas.

O evento International Workshop on Fatigue and Vibration of Overhead Conductors, realizado na Finatec, reuniu os melhores especialistas na área da engenharia elétrica para discutir a projeção das linhas de transmissão com foco na durabilidade e confiabilidade dos fios transmissores de energia. De acordo com o professor Dr. José Alexander Araújo, chairman do evento, se o cabo é mais confiável você tem menos problemas associados ao não fornecimento de energia por causa de uma falha. “Há dois anos atrás tivemos dois grandes blackouts em território nacional. Isso é muito ruim para a imagem do Brasil. Imagina um país que não consegue nem transmitir energia direito. Interfere, inclusive, na captação de recursos externos. Esse tipo de pesquisa, portanto, traz segurança, competitividade para o setor, desenvolve novos produtos e novas patentes, oportunizando às universidades saírem do papel de produtoras de artigos, que ficam muitas vezes na prateleira, para a vida prática do cidadão brasileiro, já que ele ganha, na ponta da linha, uma energia confiável, pagando menos”- pontua, o professor.

De acordo com o docente, esses fundos foram criados para desenvolver o setor elétrico brasileiro. Todas as empresas do setor de energia, sejam elas transmissoras, geradoras ou distribuidoras são obrigadas por força de lei a aplicar o recurso de 1% de sua receita operacional em projetos de pesquisa de desenvolvimento e eficiência energética. Esses recursos possibilitaram uma interação entre as universidades, os laboratórios, o setor produtivo e as empresas da área, criando uma cultura de pesquisa.

O resultado social é uma tecnologia mais moderna, o desenvolvimento de novos aparelhos, novos métodos e linhas de transmissão que levam à redução de tarifas. “Estamos sendo mais competitivos e utilizando as tecnologias mais modernas para conseguirmos um sistema de transmissão de energia mais robusto e eficiente. Isso evita a ocorrência de blackout” – finaliza o professor Araújo.

Na abertura do evento estiveram presentes, Paulo Garcia, Diretor técnico da TBE, o professor Edson Paulo da Silva, Diretor Presidente da Finatec, a professora Maria Emília Machado Telles Walter, Decana de Pesquisa e Inovação da Universidade de Brasília, Fábio Stacke Silva, especialista em Regulação ANEEL, e o professor Márcio Muniz, Diretor da Faculdade de Tecnologia da UnB.
[/vc_column_text][minti_gallery ids=”20309,20310,20311,20312,20313,20316,20315,20314″ columns=”4″ style=”2″][/vc_column][/vc_row]

Seminário Internacional Geografia & Saúde: Teoria e Método na Atualidade

Nos dias 26 e 27 de setembro de 2018, a Finatec sediará o Seminário Internacional Geografia & Saúde: Teoria e Método na Atualidade que objetiva debater, a partir de uma visão internacional, os principais métodos e teorias utilizados atualmente no campo da Geografia da Saúde.

A temática da geografia e saúde tem sido amplamente discutida em diversas áreas do conhecimento e o interesse pela temática é crescente, tanto em âmbito acadêmico-científico quanto nos serviços públicos.

O evento é direcionado para pesquisadores, professores e estudantes de graduação e pós-graduação, além de profissionais de diversas áreas que lidam com a temática em seu dia-a-dia e sua contribuição está na ampliação e inserção do tema em âmbito internacional.

O evento visa ainda contribuir com as discussões e novidades sobre a temática a serem apresentadas no IX Simpósio Nacional de Geografia da Saúde e VI Fórum Internacional de Geografia da Saúde, que será realizado em Blumenau/SC, em 2019.

O seminário contará com palestrantes nacionais e internacionais de diversas universidades e institutos de pesquisa brasileiros, latino-americanos e europeus, como Fiocruz, INPE, USP, UNESP, UFPR, UFES, IRD (França), Universidades de Paris X (França), Maastricht University (Holanda), Universidade de Havana (Cuba), Univerisdade de San Juan (Argentina).

 

[minti_button link=”https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSextne_4KT5foqUNi4K0EQTF07cl9yFbfIMyW2k5vRSBzZqBw/viewform” size=”large” target=”_blank” lightbox=”false” color=”color-1″ icon=””]Clique aqui e faça já a sua inscrição gratuita[/minti_button]

Data e local

Dias: 26 e 27 de setembro de 2018
Horário: a partir das 8h30
Local: Finatec – Campus Universitário Darcy Ribeiro – Av. L3 Norte, Ed. Finatec – Asa Norte, Brasília – DF, 70910-900
Inscrições Gratuitas: clique aqui

Para mais informações:

E-mail: seminario.geoesaude@gmail.com
http://www.lagas.unb.br/en/seminario
Telefone: +55 (61) 3107-7597

Confira a programação

Finatec implantará programa de Compliance para avaliação e mitigação de riscos

Com o avanço da internet e dos meios de comunicação, a sociedade vive hoje um momento no qual as informações circulam muito rapidamente. Nesse cenário, por sua vez, ética e transparência são cada vez mais exigidos. Quando se trata da esfera organizacional, sobretudo, nota-se que esses aspectos são cada vez mais monitorados e percebidos tanto pelo corpo de funcionários quanto pela sociedade.

As práticas de governança, desse modo, auxiliam a empresa a comprovar o seu comprometimento com a ética. O Compliance, por sua vez, é a ferramenta pela qual a organização vai garantir que a sua atuação está seguindo as normas e leis do mercado.

Alinhada com as melhores práticas de Governança Corporativa e Compliance, a Finatec – Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos, nos últimos anos, vem implementando, sucessivamente, uma série de soluções internas para garantir um ambiente corporativo ainda mais íntegro, ético e transparente. Nesse cenário de aprimoramento permanente da gestão, a FINATEC promoverá, no dia 19 de setembro de 2018, o lançamento de um Programa de Integridade, sob a coordenação das empresas HAGE Compliance, Maduro Company e Valério Pedroso Gonçalves Consultoria.

O evento de lançamento do programa acontecerá na sala de Conferência 1,às 15h, com a participação de Jorge Hage, ex-ministro-chefe da Controladoria Geral da União e fundador da HAGE Compliance; Aurélio Maduro de Abreu, mestre em Comunicação Política e Governança pela George Washington University (EUA) e fundador da Maduro Company; e Valério Pedroso Gonçalves, mestre em Direito, doutorando em Finanças pelo Swiss Management Center e fundador da Valério Pedroso Gonçalves Consultoria. O evento contará também com a participação dos Diretores da Finatec e da comunidade acadêmica, representando momento importante de interação entre parceiros e colaboradores da Instituição em relação à importância e operacionalização das ações do Programa.

A implementação do Programa, por meio da consultoria, formaliza e institucionaliza o que a Finatec já faz de melhor, e ainda oferece mecanismos para avaliação e mitigação de riscos inerentes aos novos desafios da Fundação.

Com a adoção de medidas voltadas para o aprimoramento dos processos internos, a prevenção, a detecção e a remediação de atos de inconformidades, o treinamento do corpo técnico e o comprometimento da alta administração da Finatec, a Fundação espera obter o selo Pró-Ética da Controladoria Geral da União. Isso consolidará ainda mais o compromisso da Finatec em atuar nos mais altos padrões de integridade, ética e transparência.

Serviço

Apresentação do Programa de Governança e Compliance da Finatec
Quando: 19 de setembro de 2018
Horário: 15h
Onde: sala de Conferências 1
Informações: comunicacao@fintaec.org.br

International Workshop on Fatigue and Vibration of Overhead Conductors

Nos dias 17 e 18 de setembro, a Finatec sediará o workshop International Workshop on Fatigue and Vibration of Overhead Conductors. O evento organizado pelos professores, Dr. José Alexander Araújo (Chairman) , Dr. Fábio Comes de Castro, Dr. Cosme Roberto Moreira da Silva, Dr. Jorge Luiz de Almeida Ferreira, e pelo Eng. Pedro Henrique Rocha, todos da Universidade de Brasília, objetiva promover um fórum de discussão de aspectos tecnológicos e de pesquisa relacionados à fadiga e vibração de cabos condutores de energia.

Devido ao crescente interesse no uso de cabos da liga 1120 (CAL 1120) em novos projetos de linhas de transmissão no Brasil, bem como falhas catastróficas de fadiga em linhas com cabos CAL 6201 na região centro-oeste do país, o workshop dedicará atenção especial a estes condutores.

Nas seções de cunho tecnológico, serão tratados temas como fadiga, vibração e outros aspectos mecânicos associados à instalação e uso de cabos de transmissão de energia. As seções de orientação científica do workshop serão dedicadas à modelagem, simulação numérica e testes experimentais de vibração e fadiga/fadiga por fretting em cabos condutores de energia e fios de alumínio.

As inscrições terminam nessa quinta-feira, dia 13 de setembro de 2018. O valor é R$200,00 e inclui tradução simultânea (inglês-português, português-inglês), almoços e coffee breaks.

[minti_button link=”https://events.gennera.com.br/public/#!/events/8c76e21ee0c71e47a4fc6521e2ca014f3c4476bf” size=”large” target=”_blank” lightbox=”false” color=”color-1″ icon=””]Faça Já Sua Inscrição[/minti_button]

Confira os palestrantes:

Eduardo M. Lopes (Brasil)
Professor da Universidade Federal do Paraná

Fábio Comes de Castro (Brasil)
Professor da Universidade de Brasília

Jack Roughan (Austrália)
Consultor Independente

João Félix Nolasco (Brasil)
Consultor Independente

Jonas Truessel (Suíça)
Gerente de Produto da Pfisterer

Jorge Luiz de Almeida Ferreira (Brasil)
Professor da Universidade de Brasília

José Alexander Araujo (Brasil)
Professor da Universidade de Brasília

Sara Muggiasca (Itália)
Professora da Politecnico di Milano

Sébastien Langlois (Canadá)
Professor da Université de Sherbrooke

Sidnei Ueda (Brasil)
Engenheiro Especialista da Alubar

Stéphane Morice (França)
Gerente da OHL Tek Center Nexans

Umberto Cosmai (Itália)
Consultor Independente

Finatec sedia seminário “Jeunes chercheurs en SHS : regards croisés France-Brésil” nos dias 3 e 4 de setembro

[vc_row][vc_column][vc_column_text]A Embaixada da França realiza, nos dias 3 e 4 de setembro, nas dependências da Finatec, o seminário “Jeunes chercheurs en SHS : regards croisés France-Brésil”, que irá reunir jovens pesquisadores de Mestrado, Doutorado e Pós-Doutorado nas mais diversas áreas de CHS (Ciências Humanas e Sociais).

A escolha da Finatec para o evento é muito representativa já que nas dependências da Instituição também se encontra sediada a Casa Franco-Brasileira da Ciência que reúne o IRD e o CIRAD e uma nova antena do Campus France.

O objetivo do Seminário é dar espaço para que os estudantes possam apresentar e discutir seus projetos de pesquisa atuais ou recentemente defendidos, fortalecendo a cooperação franco-brasileira na área e proporcionando apoio institucional a uma nova geração de pesquisadores.

Na abertura estiveram presentes a professora Márcia Abrahão Moura, Reitora da Universidade de Brasília (UnB), o professor Enrique Huelva, Vice-reitor, Universidade de Brasília (UnB), o Sr Sérgio Eduardo Moreira Lima, Presidente da Fundação Alexandre de Gusmão (FUNAG), o Sr. Gilles Pecassou, Encarregado de negócios da Embaixada da França no Brasil e Sra. Sabine Gorovitz, Diretora, Assessoria de Assuntos Internacionais – INT Universidade de Brasília (UnB).

Os autores dos trabalhos selecionados participarão em mesas redondas interdisciplinares, composta por três ou quatro pesquisadores. O júri responsável pela escolha dos artigos e pela avaliação da qualidade dos projetos incluirá acadêmicos franceses e brasileiros. A Fundação Alexandre de Gusmão (FUNAG) e seu Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais (IPRI) oferecem a publicação dos resultados do seminário em formato de livro.

Confira algumas apresentações do Seminário:

Dia 3 de setembro

  • Intervenções de Hervé Théry, Centro de Pesquisa e documentação das Américas (CREDA) Ana Flavia Barros Platiau, Universidade de Brasília (UnB), sobre a cooperação franco-brasileira na área das ciências humanas e sociais: balance e perspectivas.
  • Mesa 1 : A circulação das ideias e dos bens culturais entre a França e o Brasil, o Brasil e a França do século 19 até o século 21 : apropriar-se da herança cultural, tornar o pensamento mais brasileiro.
  • Mesa 2: Territórios. Viver, trabalhar, ocupar o espaço e suas periferias no Brasil hoje: olhares cruzados franceses e brasileiros.

Dia 4 de setembro

  • Conferência de Olivier Compagnon, Diretor do Instituto de Estudos Avançados da América Latina ( IHEAL),Universidade Sorbonne Nouvelle Paris 3: apresentação da obra coletiva “Como era fabuloso o meu francês! Imagens e imaginário da França no Brasil (séc. XIX-XXI)”, Rio de Janeiro, Fundação Casa de Rui Barbosa / Editora 7Letras, 2017.
  • Mesa 3: Ciências políticas e jurídicas; políticas públicas da educação, da prevenção e da saúde: abordagens comparativas entre o Brasil e França sobre as questões societárias.

[/vc_column_text][vc_gallery interval=”3″ images=”20040,20039,20045,20044,20046,20043,20041,20042″ img_size=”full”][/vc_column][/vc_row]

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out LoudPress Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out LoudPress Enter to Stop Reading Page Content Out LoudScreen Reader Support