FINATEC recebe evento em comemoração aos 10 anos da Lei Maria da Penha

O espaço de eventos da Finatec (Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos) recebeu o 10º Encontro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). Em comemoração aos 10 anos da Lei Maria da Penha (Lei 11.340/06), o encontro discutiu o tema “Violência contra a mulher, Acesso à Justiça e o Papel das Instituições Policiais” e aconteceu nos dias 21, 22 e 23 de setembro.

O fórum foi marcado pela presença da idealizadora da Lei que carrega seu nome, Maria da Penha. Outro destaque na programação foi a oficina especial para Policiais e Guardas Municipais, ministrada por Fiona Macaulay, da Universidade de Bradford, no Reino Unido. O Workshop da FBSP e Banco Mundial também trouxe para a pauta tema importante. No evento, lançou o Manifesto dos pesquisadores contra a revogação do Estatuto do Desarmamento. Além disso, o fórum contou com uma cena do espetáculo teatral Bye Bye Baby e Outras Mulheres e a abertura Solene com a presença de autoridades.

A conferência inaugural sobre o tema aconteceu no dia 22, com as palestrantes Maria da Penha Maia Fernandes (IMP);  Major Denice Santiago Rosário (PM/BA) e como mediadora da mesa, Maria Elisa Curcio, diretora de Relações Institucionais e Conselheira do Instituto Avon.

EIB lança edital do CEPF Cerrado

O Instituto Internacional de Educação do Brasil (IEB) como Equipe de Implementação Regional (RIT) do Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos (CEPF) do Hotspot de Biodiversidade do Cerrado abriu a primeira chamada para apresentação de cartas de intenção.  Os projetos devem ser voltados para a preservação e implementação de ferramentas que promovam o fortalecimento do hotspot. 

Podem se candidatar grupos, associações comunitárias, ONGs, empresas privadas, universidade e institutos de pesquisa. A chamada está divida em dois grupos: grandes apoios, para propostas acima de 20 mil dólares; e pequenos apoios, para propostas de até 20 mil dólares.

O CEPF é um fundo destinado a proteger as mais diversas e ameaçadas áreas de biodiversidade do mundo, também conhecidas como hotspots da biodiversidade.

Leia mais sobre o edital. Outras informações estão disponíveis no site da Instituição: http://cepfcerrado.iieb.org.br/

 

 

Banco do Brasil lança edital de patrocínio para projetos

O Banco do Brasil divulgou edital do Programa de Patrocínios BB, processo seletivo que evolverá projetos para 2017 e 2018. Os interessados deverão se inscrever até 26 de setembro de 2016 e não há limite de quantidade de projetos por proponente.

O Programa é voltado para algumas áreas de interesse do Banco. Veja as principais:

  • Eventos e feiras sobre agronegócios, em especial ligados à agricultura;
  • Eventos e ações para micro e pequenas empresas, em especial ligados a franquias, empreendedorismo e cadeias produtivas;
  • Eventos e ações para público de alta renda, em especial ligados a experiência de entretenimento, esportivas, culturais, gastronômicas;
  • Eventos e ações para conscientização e mobilização em defesa da água;
  • Eventos e ações sobre a indústria financeira, mercado de capitais e de meios de pagamento;
  • Eventos que ofereçam benefícios para os clientes do Banco do Brasil: pré-venda, descontos, entradas exclusivas.

Há, ainda, algumas regras de elegibilidade estabelecidas pelo BB. São elas:

  • Ser pessoa jurídica constituída no Brasil, segundo as leis desse País, com sede no território nacional;
  • Prever em seu objeto social atividade compatível com o desenvolvimento do projeto a ser inscrito;
  • Ser legítimo detentor ou representante dos direitos de realização do projeto a ser inscrito.

 

Valor Financiado

O montante destinado ao Edital será definido em função das cotas de patrocínio a serem acordadas com os proponentes dos projetos selecionados e considerará a disponibilidade orçamentária do Banco do Brasil para patrocínios no ano de 2017/2018 a ser determinada pelo Conselho Diretor da Empresa.

Inscreva-se ou conhecça mais sobre o programa: https://goo.gl/euAgdD

Saiba mais sobre o Termo de Aceite para editais da FAP/DF

A Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec) apresenta, a seguir, algumas instruções com o objetivo de auxiliar os professores e pesquisadores na solicitação do termo de aceite de instituição gestora relacionados aos editais da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP/DF), abaixo mencionados:

EDITAL – Nº 13/2016 – Seleção Pública de Propostas – Programa Áreas Estratégicas – Educação Inclusiva

Procedimentos Gerais

  1. A FINATEC fornecerá os documentos exigidos para envio da proposta à FAP/DF (TERMO DE ACEITE DE INSTITUIÇÃO GESTORA, ATO DE NOMEAÇÃO DO REPRESENTANTE DA INSTITUIÇÃO GESTORA E COMPROVANTE DE CREDENCIAMENTO DA GESTORA JUNTO À FAP/DF) para as propostas elaboradas em conformidade com os Editais FAP/DF, mediante o recebimento, nos endereços eletrônicos abaixo mencionados, da solicitação do coordenador do projeto para que a FINATEC seja a instituição gestora do projeto.
  2. Junto ao e-mail de solicitação para que a FINATEC seja a instituição gestora do projeto deverão ser anexados, em formato pdf, os seguintes documentos:

2.1. Formulário de submissão de proposta no modelo FAP/DF;

2.2. Quadro de Usos e fontes no modelo FAP/DF para a contrapartida;

2.3. Projeto de Pesquisa no modelo FAP/DF.

  1. A solicitação deverá ser enviada com antecedência mínima de 05 dias úteis da data limite de recebimento das propostas pela FAP/DF, conforme descrito em cada edital.
  2. A FINATEC encaminhará ao coordenador da proposta, via e-mail, a documentação necessária no prazo máximo de 02 dias úteis da data de recebimento da solicitação do coordenador da proposta.
  3. Recomenda-se, na elaboração da proposta, especial atenção em relação aos ITENS FINANCIÁVEIS e aos ITENS NÃO FINANCIÁVEIS previstos em cada edital.
  4. As propostas deverão prever o valor de 5% dos recursos solicitados para contemplar as despesas operacionais e administrativas da instituição gestora.
  5. Para maior agilidade na comunicação e recebimento das solicitações para atuar como instituição gestora, a Finatec disponibiliza os endereços eletrônicos específicos para cada edital:

7.1. Edital FAP/DF Nº 04/2016: projetosdepesquisa@finatec.org.br –  Identificar no assunto: [Edital FAP/DF n° 13/2016].

  1. A Finatec coloca a equipe de gestão de projetos à disposição dos professores e pesquisadores para auxiliar na revisão dos projetos e esclarecer dúvidas acerca da elaboração das propostas, via endereços eletrônicos acima mencionados ou, presencialmente, em horário agendado por e-mail ou por meio do telefone 3348-0437.

Procedimentos na área de compras

  1. Para aquisição de produto importado, além do valor principal para aquisição do produto, as despesas acessórias deverão constar no valor total da importação apresentado no orçamento da proposta.
  2. As despesas acessórias devem contemplar: frete internacional, frete nacional (se houver), taxas bancárias (carta de crédito ou pagamento antecipado), taxa de utilização do SISCOMEX e armazenagem da carga até a liberação junto a Secretaria da Receita Federal.
  3. Recomenda-se que seja acrescido no valor total do produto a ser importado 25% do valor deste para cobrir as despesas acessórias e possíveis alterações no valor de aquisição devido às questões de flutuação cambial.
  4. Para que as importações sejam realizadas com isenção de impostos de acordo com a Lei no. 8010/90 (isenção dos impostos de importação II, IPI e PIS/COFINS) as instituições de pesquisa que irão receber os equipamentos deverão estar devidamente credenciadas junto ao CNPq. Caso contrário, o valor dos impostos deve ser contemplado no valor total solicitado na proposta. A relação das instituições credenciadas junto ao CNPq pode ser consultada no endereço eletrônico: https://goo.gl/ksWber

Finatec investe R$ 430 mil em pesquisa

A Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec) lançou dois editais para apoio financeiro de projetos em 2016. Um deles, é voltado ao desenvolvimento de trabalhos de pesquisa. E, o outro, tem foco na participação de pesquisadores em eventos científicos internacionais. Juntos, esses recursos somam R$ 430 mil –  um aporte fundamental para a expansão do conhecimento produzido na academia. Ao todo, 35 pesquisadores das áreas de Ciências da Vida, Ciências Humanas e Ciências Exatas foram contemplados com os recursos.

Para garantir a execução das pesquisas, o cientista poderá contar com o subsídio de itens como: material de consumo, equipamentos, materiais bibliográficos, softwares, notebooks e impressoras. Passagens para visitas técnicas e para trabalhos de campo também estão previstas no edital de R$ 230 mil. As apresentações dos pesquisadores no exterior, por sua vez, estão asseguradas por R$ 200 mil em recursos da Finatec. Esse montante dá direito, por exemplo, a: hospedagem, alimentação, locomoção, taxa de inscrição, impressão de material, entre outros.

Iniciativas como essa reforçam o pioneirismo e a importância da Fundação para o País. O Programa de Fomento da entidade, inclusive, lançado no ano de 2000, foi um dos primeiros do Brasil nesse âmbito (de apoio à universidades). Até hoje, mais de 2,5 mil professores e alunos de pós-graduação da Universidade de Brasília (UnB) foram beneficiados com ele.

Acompanhamento de projetos fica mais fácil

Coordenadores da Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos (Finatec) agora dispõem de ferramenta para acompanharem, on-line, os projetos desenvolvidos junto à entidade. Trata-se do “Conveniar”, disponível no site da Fundação.

Com o uso do nome do usuário e da senha, é possível verificar, por exemplo, a situação orçamentária e financeira de projeto, em tempo real. Assim, o pesquisador não precisa mais se deslocar até a sede da Finatec para realizar esse tipo de procedimento.

Com a mudança, compras, pagamentos e recebimentos, como os de bens e serviços, também passam a ser feitos exclusivamente a partir da plataforma. Em março deste ano, antes do sistema ser entregue, pesquisadores foram convidados para tirar as dúvidas e averiguar o funcionamento do mecanismo.

 

Núcleo de Prospecção

Além da ferramenta on-line, pesquisadores contam, atualmente, com o Núcleo de Prospecção – novo departamento criado na Finatec para auxiliar os profissionais na elaboração dos projetos, na formatação de plano de trabalho e no trâmite junto à agências financiadores, órgãos do governo e empresas privadas. Essa seção também tem a função de identificar oportunidades de financiamento no Brasil e no exterior para projetos de pesquisa.

Finatec receberá Encontro para debater violência contra a mulher

No ano em que o Brasil comemora 10 anos da Lei Maria da Penha (Lei 11.340) e um ano da Lei do Feminicídio (Lei 13.104), o Fórum Brasileiro de Segurança Pública promove o 10º Encontro voltado ao tema. O evento, intitulado “Violência contra a mulher, Acesso à Justiça e o Papel das Instituições Policiais”, acontecerá nos dias 21, 22 e 23 de setembro, na Finatec (Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos).

 

Maria da Penha, que deu nome à lei após ser vítima de violência doméstica por parte do marido, estará no evento. Hoje, Maria tornou-se líder de movimentos de defesa dos direitos das mulheres e contribui para o fortalecimento da lei. O evento ainda reunirá pesquisadores, representantes da sociedade civil organizada e do setor privado, policiais e membros do sistema de Justiça criminal.

 

A programação contará ainda com uma série de discussões sobre o índice de homicídios, vitimização policial, audiências de custódia, formação dos profissionais de segurança pública, dentre outros, além de uma plenária com a presença de representantes das instituições policiais na qual serão debatidas propostas de modernização para o campo da segurança pública.

 

O evento é aberto ao público e as inscrições devem ser feitas no site do Encontro. Inscreva-se e conheça mais sobre a programação aqui: http://encontro.forumseguranca.org.br/

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out LoudPress Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out LoudPress Enter to Stop Reading Page Content Out LoudScreen Reader Support