Notícias

  • Notícias
  • /
  • Curso de férias com professor da Pensilvânia...

Curso de férias com professor da Pensilvânia é realizado na Academia Finatec

Nos dias 17, 18 e 19 de julho aconteceu, por iniciativa da Academia Finatec, o curso de férias Workshop de Estudos Sonoros com o professor da Universidade da Pensilvânia, o colombiano Jairo Moreno.

O professor que ministra aulas no departamento de Música da universidade, ainda pesquisa a natureza do som, da escuta e do ouvido humano, bem como as relações entre as pessoas e outras formas de vida, animais e espirituais através do sonoro. “Tenho muita experiência como músico e pesquisador da teoria musical europeia. Também trabalho com os sons da música latino-americana e sua ligação com os Estados Unidos”. – revela o professor Moreno.

Os estudos sonoros são um campo muito novo e não possuem uma posição específica na academia norte americana ou europeia. Contudo, há muito tempo é estudada na Antropologia, na História Geral, Literatura, entre outras; assim como artistas que trabalham com som – não necessariamente com música – mas experimentando e pesquisando a ideia de que o som é uma matéria constitutiva para a ordem social e para o conhecimento humano.

De acordo com Moreno, os gregos eram muito atentos para o contexto do som. Platão, por exemplo, entendia o som como uma concepção mais ampla da música, que incluía a palavra, a atuação, a dança e o universo conforme ele imaginava. “Ele achava que isso era vital para a ordem política e social da cidade grega.” – pondera o professor.

Depois de Platão, também é possível citar o matemático Pitágoras que trabalhou muito com o som desenvolvendo argumentos para explicar as relações harmônicas e não harmônicas. Todos esses estudos influenciaram no desenvolvimento da música ocidental, que denominamos de música clássica, mas que também impactou a música da idade média, do renascimento e até na atualidade. “O som tem uma participação importante, é uma figura desses pensamentos, mas nunca tinha sido particularizado. Os estudos sonoros, então, fazem o papel de colocar o som em cena. Esses estudos já começaram a ser praticados aqui no Brasil e na América Latina. Já existe um grupo na USP, uma revista, na Argentina, mas ainda é incipiente. ” – declara o professor.

Segundo Jairo Moreno o curso de férias foi uma oportunidade de introduzir as questões mais fundamentais para aqueles interessados já que é um campo que envolve muitos outros e permite fazer novas conexões com diversas disciplinas a partir da escuta.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out LoudPress Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out LoudPress Enter to Stop Reading Page Content Out LoudScreen Reader Support